29.12.07

Etiqueta:

Dialectos de Ternura

Em cada beijo há uma frase, em cada frase há um Verso
Em cada verso há um lado do lado inverso
De uma estória que asombra a memória
Da leveza irrisória de uma conquista notória

Foi por isto que esperei, em cada noite que amei
Ou pensei que amei porque é agora que eu sei
A razão da palavra consagrada
Que tanta gente dá à toa em troca de quase nada
Ela não tá espantada, pelo contrário, relaxada
Revê-se na expressão da expressão enamorada

E somos grandes, gigantes com dez metros de altura
Falamos vinte línguas, dialectos da Ternura
Da Weasel
Dialectos da Ternura

0 comentário/s:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário! =)

(Nota: Devido à grande quantidade de spam recebido, a confirmação de palavras foi activada)

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.