19.5.08

Etiqueta:

Mulher borboleta, pequenina e voraz

Mulher borboleta, pequenina e voraz
Tem um vôo que seduz, uma beleza que satisfaz


Possuidora de uma leveza que conduz, de uma força que induz
Sua fragilidade lhe traduz uma mulher que reluz!

Precisa de arte, precisa que invada
Que o coração dispare, que a saudade mate


Não a prenda, traga flores para que venha
Ela não é para qualquer um
Ela é da natureza
Ela é dela!


Tranque-a e ela morre
Sopre-a no vento que ela vai
Mas espere
Pois ela volta!


Autor desconhecido

0 comentário/s:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário! =)

(Nota: Devido à grande quantidade de spam recebido, a confirmação de palavras foi activada)

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.